sábado, 22 de novembro de 2008

Entre trancos e barrancos, Quedas e Altas


Hoje após tantos dias lendo nos jornais sobre a crise económica resolve falar sobre ela.

A economia mundial é tão dependente uma da outra que é capaz de prejudicar outros países.

O banco dos EUA que quebrou afetou muito no desenvolvimento econômico e até profissional de nosso país.

Parte da população nem percebeu como fomos afetados ,fora da divulgação feita pela mídia. Algumas cidades foram mais afetadas do que as outras, aqui em São Paulo por exemplo a empresa General Motors chegou a dar férias coletivas para os funcionários das cidade de São Caetano, São José dos Campos e Mogi das Cruzes por falta de vendas no mercado.

Essa é uma amostra de como a crise está prejudicando o mercado do nosso país, e ainda temos as junções de bancos como o UNIBANCO E O ITAU que segundo a revista de Economist e reproduzindo uma frase de Roberto Setúbal, do Itaú, em que ele afirma que a crise acelerou este processo para o G1.

Ainda muita coisa está por vir, e isso preocupa mas a crise está atigindo mais setores privados,não o lado financeiro público. Porém acredito ser importante ficar atento no como ultilizar o nosso dinheiro para não sofrer maiores conseqüências.

Todos nós já ouvimos falar da crise de 29 ao menos na escola não é? E a grande pergunta que paira no ar é:será que essa crise tomara proporções tão grandes como aquela de 29 que devastou os EUA,ou, não irá repercurtir além desse estágio?. Não sei qual o conhecimento geral do que está acontecendo, mas me preocupo desde já com o rumo a ser tomado.

Com a globalização fazendo os países ficarem mais próximos em parte social e economicamente esse possa ser um dos resultados uma crise que mexe com o eixo mundial finaceiro.

Bom fico por aqui com a minha analise pessoal sobre o assunto. Você também se preocupa com isso ou acha que não nos afeta em nada?

domingo, 16 de novembro de 2008

Depois de anos voltei..kkk

Nossa fique duas semanas sem escrever isso não pode acontecer.Mas foi por motivos nobres trabalhos da faculdade!!!



Agora que já me expliquei vamos direto ao ponto...



Gosto de fazer várias coisas, uma dela é a facul de jornalismo. Outra minha paixão é a musica, não sei se levo jeito mais, adoro tocar violão. E estou começando sozinha procurando videos e cifras na net. Musica mexe muito comigo, e filmes, peças de teatro tbm. Sou fascinada por tudo isso, parece uma magica. Consigo expor meu sentimentos quando ouço musica, assisto a um filme. Como não sei se levo jeito, fico só de admiradora mesmo, porém eu tenho alguma coisa, toco um poquinho aqui, outro pouquinho ali..( na verdade enrolo mesmo..rsrs). Acredito ou não até que estou melhorando.
Teatro estou tentando também, graças a facul. Vamos ver como me saio no final do semestre na apresentação. Desde se pequena gosto de coisas artisticas, mas também tem o jornalismo outra paixão minha. Adoro escrever e tudo mais sou um pouco timida( na verdade tenho medo de falar burrice para as pessoas)pra entrevistar alguém, mas superarei isso. Acho incrivel o fato de me relacionar com as pessoas e saber mais sobre elas. Mostrar a verdade para as pessoas fazer alguma diferençano mundo.( frase cliche mas é o que sinto)... Não deixar o errado passar impune. E também vai ser uma forma de eu estar por perto das coisas que curto. Se fosse escolher outra profissão, eu seria roterista de cinema. Poderia usar um pouco da minha imaginação...





Agora chega de escrever neh?rsrs...E você o que você gosta, ou o que faria para o resto da sua vida?

terça-feira, 4 de novembro de 2008

Nada que a irreverência não mude!!!!!


Estamos acostumas com o axé da Bahia. A moda de viola e musica sertaneja de Goiânia.

Mas não á nada que a irreverência não deixe para trás.É claro essas coisas não mudam da noite para o dia, apenas acontecem.

Acredito ser do conhecimento de vocês uma cantora Baiana, arretada, cantora de Rock, rock?...Rock???????..... Sim Rock, essa é Priscilla Novais Leone.... Quem?????????? Ela mesma Priscilla Novais Leone.... Calma pessoa a Pitty..... Ela nascida em Salvador mudou essa coisa de baiano só tocar axé....

Mudando de Cidade vamos para Goiânia.. Lá da onde vieram milhares de duplas sertanejas, violeiros e etc...Também surgiu um cantor, não sertanejo, que está no começo da explosão de sua carreira. Ele se chama Tulio Deck, pode não ser muito conhecido no momento, mas lançou seu Cd, com várias participações especiais. Tulio canta Rap, e veio sim de Goiânia o berço da moda de viola. O estilo de Deck não é falar dos problemas sociais, e nem dos prazeres sexuais. O cantor fala de pensamentos positivos das coisas boas da vida.

Para quem não conhece, é ele quem canta, com o Diego do Nxzero, á musica tudo passa. E também uma musica que saiu agora, com o cantor e compositor Paulo Miklos.

Outra cidade que revelou vários cantores do Pop e do Rock, é Belo Horizonte, MG e hoje volta a fazer parte do cenário sertanejo. Foi lá onde surgiuram, Pato Fu, Skank e Jota Quest entre outros artitas Pop, Rock e estilos Alternativos.
Eu gosto dessas misturas, mudanças e renovações. Acredito que tudo de ver modificado e não devemos parar na mesmice. O que importa é a música e não da onde veio!!!!!!!!!
E você o que acha disso? Gosta das mudanças ou prefere as coisas cada um no seu lugar? Ou não acha nada?
Diz aeww!!!!!