quarta-feira, 1 de outubro de 2008

Saindo do meu Mundinho

Eu estava dentro de um ônibus a caminho da Universidade.
Quando olho pela janela e vejo adolescentes no farol, lavando vidro de carros, entregando folhetos ou tentando entregar, pois as pessoas raramente abrem o vidro para pegar os folhetos.
Pensei um pouco, saindo do meu mundinho, aquelas meninas e meninos tinham a mesma faixa etária que a minha, e estvam la trabalhando ou sendo exploradas para poder comer e eu indo para faculdade.
Muitas vezes falamos não pode haver crianças nas ruas, o lugar delas é na escola e bla bla bla. Mas dai quando estamos nos nossos belos carros e uma delas bate no vidro para entrar folhetos ou tentar lavar o vidro em troca de alguns centavos, achamas a ultima das barbaridas, que eles estão encomodando, e se caso acontece de um atropelamento, dizemos que a culpa é delas por estarem no meio da rua.
Se pararmos para analisar não fazemos nada pra mudar as coisas, só sabemos reclamar e quando o problema bate a nossa porta, esperamos que o vizinho resolva.

6 comentários:

(ti) kaboom... disse...

Ana, é bem assim mesmo como vc disse. Todo mundo cobra mudanças, se acha mto cheio d opinião e culto, mas na vdd são todos mentirosos e falsos. Não fazem nada pra tentar ajudar, pra pressionar o governo, ou pelo menos ter um pouco de sensibilidade com essas crianças.Apoio tudo o que vc disse. Bjo

carla m. disse...

Ana,
Eu me pergunto, e pra ser diferente de quem reclama, o que fazer?!

abraço,

Ana disse...

Bom é dificil falar o que se deve fazer!! Mas só reclamar não vai mudar!!!
Acho que na realidade nós nem temos espaço pra fazer muita coisa, mas se não vai ajudar a resolver o melhor é ficar quieto sem reclamar

Débora disse...

Estamos tão acostumados com essas cenas que muitas vezes se tornam banais esse é o problema, precisamos sim fazer algo para mudar, eu enquanto educadora, você como futura jornalista, cada um pode contribuir, e não vamos no s esquecer de votar consciente amanhã!!!
Um abraço

andrea augusto - angelblue83 disse...

Sempre que olhamos para o lado, dá pra perceber que as nossas vidas por não ser exatamente o que desejamos - uase nunca é - enxergamos os verdadeiros desafortunados.
Acho que o melhor é não esperar pelos políticos. Acredito mais na atitude individual.

bjo querida e SUCESSO!

andrea augusto - angelblue83 disse...

Esse livro tem sido usado até nas empresas como uma boa maneira de se traçar estratégias. Nas relações interpessoais, se observarmos bem, tem uma boa aplicação, com certeza!

bjimm procêSS
angel